O Que Causa Incontinência Urinária Feminina | Bigfral

Home  »  Mulheres   »   O que causa a incontinência urinária feminina?

O que causa a incontinência urinária feminina?


O que causa a incontinência urinária feminina?

4 semanas atrás / 6 min de leitura

Muitas mulheres se deparam com a incontinência urinária em algum momento da vida, condição que causa a perda involuntária da urina pela uretra. Esse problema afeta não só o corpo da mulher, como também pode atrapalhar a sua rotina, causa desconforto e outras consequências.

A incontinência urinária feminina ocorre por alguns fatores, como o enfraquecimento da musculatura do assoalho pélvico. Quando os músculos estão fracos, a funcionalidade de contração responsável por segurar o xixi é afetada e se torna incapaz de segurar a urina de forma eficiente, assim ocorrem os escapes de xixi.

Cerca de 72% das mulheres no mundo sofrem com incontinência urinária em algum momento da vida. Um dos motivos é porque possuem falhas naturais no assoalho pélvico que são: o hiato vaginal e o hiato retal. Além disso, as mulheres que passaram por trabalho de parto também têm grandes chances de ter incontinência urinária pós-parto. Se você quer saber um pouco mais sobre o que causa a incontinência urinária feminina, continue neste artigo que vamos detalhar sobre a condição e dar dicas do que fazer nessa situação.

Quais são as principais causas da incontinência urinária?

A estimativa é de que 50% das mulheres tenham incontinência urinária em algum momento da vida. Mas quais são as principais causas dessa condição? 

Alguns fatores de risco devem ser falados, pois evitando-os também tem grandes chances de evitar a incontinência urinária. No entanto, outros fatores como a idade, gestação precoce, menopausa e obesidade, não podem ser simplesmente evitados. Confira as principais causas da incontinência urinária feminina:

  • Enfraquecimento dos músculos da bexiga;
  • Bexiga hiperativa;
  • Infecção urinária;
  • Fraqueza e disfunções do assoalho pélvico;
  • Doenças como esclerose múltipla, artrite, diabetes ou Parkinson;
  • Distúrbios hormonais;
  • Constipação intestinal;
  • Tumores;
  • Prolapso de órgão pélvico;
  • O primeiro passo é esvaziar a bexiga antes de iniciar a prática;

Quais os sintomas da incontinência urinária?

O sintoma clássico da incontinência urinária são os escapes de urina pela uretra, mas podem apresentar diferentes sinais de acordo com o tipo e gravidade de condição que cada mulher apresenta.

Nos tipos mais comuns como a incontinência urinária de esforço, incontinência urinária de urgência e incontinência mista, a perda de urina ocorre ao tossir, fazer exercícios ou outros esforços, ou até mesmo dormindo. Além disso, a vontade súbita de urinar que aparentemente ocorre de repente e impede que a pessoa consiga chegar ao banheiro.

A necessidade de se esforçar para urinar, sensação de que a bexiga não esvazia e jato mais fraco de urina também são sintomas que podem estar presentes na incontinência urinária.

Quais são as consequências da incontinência urinária?

Além da incontinência urinária causar o distúrbio de escapes de xixi e sensação de bexiga cheia, ela é uma condição que afeta as pessoas psicologicamente. Isso porque quando alguém sofre com a incontinência urinária, pode acabar se isolando socialmente, perdendo vontade de estar com as pessoas, por vergonha ou receio. Muitas pessoas acabam desenvolvendo ansiedade e até mesmo depressão quando não buscam o tratamento para a incontinência urinária.

Os escapes de urina também podem atrapalhar a noite se sono de quem tem a condição, pois pode acordar várias vezes durante a noite para ir ao banheiro, ou ter os escapes enquanto dorme. Por isso é muito importante se lembrar de que apesar de ser comum, não pode ser considerada uma condição normal, pois há tratamento e formas de prevenção para evitar a incontinência urinária.

Como controlar a incontinência urinária?

Em alguns casos é possível prevenir a incontinência urinária, para isso é indicado que haja o fortalecimento do assoalho pélvico, que pode ser feito com exercícios simples, mesmo que em casa, como yoga ou pilates. Exercícios Kegel também são muito indicados. A fisioterapia também pode ser necessária.

E diferente do que pode parecer, é muito importante não deixar de beber água. Manter uma boa hidratação faz com que o sistema urinário esteja em boas condições e elimine os fluidos que possam causar complicações.

A incontinência urinária, apesar de ser uma condição comum, pode gerar desconforto e até vergonha em pacientes para procurar ajuda. Mas quanto antes buscar um tratamento, melhores e mais rápidos serão os resultados. Então, em qualquer sinal de incontinência urinária, tenha uma conversa aberta com seu médico e não deixe que o problema se estenda.

Qual médico cuida de incontinência urinária?

Qual médico cuida de incontinência urinária?

Quando se percebem sinais de incontinência urinária, a melhor coisa é buscar o atendimento de especialista, para que seja feita uma avaliação e busque um tratamento adequado para se livrar dessa condição. Médicos urologistas e ginecologistas são os médicos ideais para tratar de incontinência urinária, clínicos gerais também podem ser indicados, e o tratamento pode se estender à fisioterapia.

Dicas para amenizar a Incontinência urinária

Alguns cuidados rotineiros podem ser essenciais para a mulher que sofre com a incontinência urinária. Muitos são mais simples do que se imagina, e alguns podem até prevenir que a condição ocorra. Confira algumas dicas para amenizar a incontinência urinária feminina:

  • Pratique exercícios e flexões dos músculos da região pélvica. Você pode tentar os exercícios Kegel, yoga e/ou pilates;
  • Tenha uma alimentação adequada. Para isso, evite alimentos e bebidas que irritam a bexiga, como o álcool, cafeína, excesso de frutas e sucos ácidos, adoçantes artificiais etc;
  • Não fume;
  • Não segure o xixi, vá ao banheiro quando sentir vontade: segurar o xixi por muito tempo pode fazer com que a bexiga perca a sua habilidade de contenção, além disso gera mais risco de desenvolver a infecção urinária;
  • Absorventes, fraldas e roupas íntimas absorventes podem te ajudar, como a linha da Bigfral Moviment.

Melhores produtos para incontinência urinária feminina

Melhores produtos para incontinência urinária feminina

Mulheres que têm incontinência urinária sabem bem como produtos adequados e de qualidade podem auxiliar para que a sua rotina não seja atrapalhada pela condição. Os melhores produtos são aqueles que fazem as mulheres se sentirem confortáveis e seguras, para que possam levar a vida com mais qualidade, manter a rotina, e bem-estar. 

Confira 3 produtos ideais para a incontinência urinária.

Melhores Fraldas

As fraldas são produtos indicados para quem tem incontinência urinária intensa e precisa de trocas rápidas e frequentes. A linha de fraldas da Bigfral Moviment possui modelos que se adaptam a cada tipo de fluxo e necessidade.

Melhor roupa íntima descartável

Para as mulheres que têm a rotina mais agitada e não podem parar por conta da incontinência urinária, a melhor indicação é a roupa íntima descartável feminina. Essa peça funciona também para absorver os escapes de urina, substituindo a calcinha e o absorvente, e sendo mais discreta do que as fraldas.

A roupa íntima descartável Bigfral Moviment é indicada para todos os tamanhos e tipos de fluxos. Essa linha traz elástico na roupa íntima descartável para que se ajuste melhor ao corpo. Os tamanhos vão de pequeno e médio à grande e extra grande, sendo recomendados para cinturas de 112 a 137 centímetros. O ideal é realizar a troca da peça em até 8 horas, ou antes disso dependendo do fluxo de escapes

Outro ponto interessante sobre a roupa íntima descartável Moviment, é a tecnologia Wet Block que absorve o fluxo duas vezes mais rápido, isso garante uma pele seca e agradável. Além disso, a tecnologia anti odores fornece mais segurança para o dia a dia da mulher.

Melhores Absorventes

Existem diversos tipos de absorventes externos, sendo para o fluxo menstrual ou para fluxo de escapes de xixi. No caso de incontinência urinária feminina, os absorventes são indicados para fluxos mais leves ou moderados. Ao escolher o absorvente adequado para o fluxo, as chances de haver vazamentos são quase nulas. Os absorventes são descartáveis e geralmente precisam ser trocados de 3 a 6 horas, dependendo da necessidade.

A Bigral possui duas linhas de absorventes para a incontinência urinária feminina, sendo a linha Moviment e a linha Regular Plus. As duas linhas foram desenvolvidas para incontinência urinária leve a moderada, mantendo a pele seca e impedindo o vazamento dos escapes de xixi.

O absorvente da linha Moviment é feito com a Tecnologia Wet Block e absorve o fluxo duas vezes mais rápido para garantir uma pele seca e agradável. Já o absorvente Bigfral Regular Plus, é feito com canais de distribuição e gel super absorvente.

É muito importante que a mulher conheça o seu tipo de fluxo e necessidade para que escolha o absorvente ideal e tenha a melhor experiência.

Melhores Absorventes

Confira também nosso artigo: O que é bom para incontinência urinária

Mais qualidade de vida com a Bigfral Moviment

A incontinência urinária feminina é muito comum e pode afetar a vida de muitas mulheres em algum momento da vida. Algumas vezes isso pode se tornar um problema psicológico e social. 

Existem formas de prevenção e tratamentos para evitar a incontinência urinária, e para não se isolar e continuar seguindo com a rotina de maneira confortável e segura, as mulheres podem contar com os melhores produtos para a incontinência urinária. Opte por absorventes da Bigfral Moviment, e não deixe que os escapes de urina atrapalhem as suas atividades.