O que é Fisioterapia Pélvica (Guia Completo 2022) | Bigfral

Home  »  Saúde   »   O que é fisioterapia pélvica

O que é fisioterapia pélvica


O que é fisioterapia pélvica

1 mês atrás / 5 min de leitura

Feita com o objetivo de reabilitar o assoalho pélvico, a fisioterapia pélvica é um conjunto de exercícios indispensáveis para quem tem disfunções na área pélvica, como incontinências urinárias, entre outros.

É uma especialidade que atua diretamente na reabilitação das diversas disfunções do assoalho pélvico (o assoalho pélvico é um conjunto de músculos que sustentam a bexiga, útero, intestino entre outros).

O trabalho do fisioterapeuta com especialidade em pélvis é um dos principais tratamentos e precauções para cirurgias. 

Confira a seguir tudo sobre a fisioterapia pélvica, para que serve, como funciona, demais exercícios, benefícios e muito mais.

Para que serve a fisioterapia pélvica?

Sendo uma especialidade que trabalha diretamente na musculatura do assoalho pélvico, a fisioterapia pélvica tem como objetivo movimentar e ativar os ligamentos que sustentam a bexiga, o útero e intestino, focando principalmente na parte inferior do abdômen.

A fisioterapia pélvica pode ser realizada como forma de prevenção, antes que alguma doença se instale (como por exemplo a incontinência urinária) e pode fazer com que o paciente não precise de tratamento cirúrgico.

Os problemas mais frequentes do enfraquecimento da região pode ser incontinência urinária, queda de bexiga, útero e pós- partoentre outros. Por envolver diferentes problemas, a Fisioterapia Pélvica abrange tratamentos nas áreas de Urologia, Ginecologia, Coloproctologia, Sexologia e Obstetrícia.

Como funciona a Fisioterapia Pélvica?

O primeiro passo para fazer a fisioterapia pélvica é ter os sintomas e o histórico médico necessário. Para realizar esses tipos de exercícios, é recomendado que o paciente tenha uma análise física completa sobre o assoalho pélvico.

Após o diagnóstico, é de extrema importância criar um plano de cuidados personalizado para cada paciente e cada caso. 

Confira a seguir as principais técnicas que um fisioterapeuta pélvico pode utilizar.

Educação

O primeiro passo para realizar a fisioterapia pélvica é saber do que se trata e estar informado em todas as ocasiões. Além disso, os pacientes precisam saber mais sobre sua anatomia e entender o que funciona melhor para seu corpo.

Também é de grande importância mudar alguns hábitos, e saber o porquê dessa mudança. A educação e o conhecimento sobre o assunto podem fazer muita diferença! 

Exercícios do assoalho pélvico

A fisioterapia pélvica ensina principalmente a contrair e relaxar a região do assoalho pélvico em relação a outros músculos. Mas outros exercícios são abordados e complementados, como o exercício de respiração, que influencia diretamente nos outros exercícios, os deixando mais eficazes.

Outras atividades trabalhadas alonga músculos tensos e fortalecem outros, ainda assim, há o aumento da flexibilidade.

Terapia manual

A terapia manual são técnicas utilizadas para prevenir e tratar as mais variadas disfunções. Seu objetivo é normalizar e equilibrar alterações musculares. Se agrupam como massagens e alongamentos que influenciam na postura, circulação e mobilidade.

Biofeedback do assoalho pélvico

É um exame específico para ver como estão os músculos do assoalho pélvico do paciente. Observar se estão funcionando de maneira correta. O exame é feito a partir de uma sonda, e as imagens aparecem na tela do computador, o fisioterapeuta e o doutor será o responsável para traduzir o diagnóstico. 

Estimulação elétrica

A estimulação elétrica é feita a partir de uma corrente elétrica de baixa tensão. Usada com o objetivo de estruturar e melhorar contrações musculares.

Dilatadores vaginais

Os dilatadores vaginais são muito indicados em caso de incontinência e desconfortos ou dificuldade no momento da relação sexual.

É um dispositivo de plástico em forma de tubo, seu principal objetivo é fazer as mulheres aprenderem a relaxar e contrair a musculatura íntima, e os músculos pélvicos.

Qual a importância da fisioterapia pélvica?

Como funciona a Fisioterapia Pélvica?

A fisioterapia pélvica atingiu tamanha importância, não só na saúde da mulher, mas também na de homens e crianças, assim sendo o tratamento de primeira escolha para quem sofre de disfunções.

Se tratando de mulher, a fisioterapia pélvica tem um importante papel em todas as fases da vida, principalmente na gestação e no parto. Mas também é uma importante ferramenta para tratar as incontinências.

Com o foco no fortalecimento muscular, a fisioterapia pode garantir uma melhor qualidade de vida para quem sofre de disfunções do assoalho pélvico.

Principais benefícios da fisioterapia pélvica?

Os principais benefícios da fisioterapia pélvica são evitar problemas como incontinência urinária ou bexiga caída.

Também é uma ótima opção para as grávidas, nesse momento delicado em que o corpo mais necessita do assoalho pélvico, assim com a fisioterapia esses músculos podem ser trabalhados.

Além disso a fisioterapia pélvica trabalha todos os tipos de disfunções, como:

  • Disfunção urinária;
  • Disfunção sexual;
  • Prolapsos;
  • Entre outros.

Veja a seguir outros benefícios desse tipo de fisioterapia.

Evita doenças

A fisioterapia pélvica é perfeita para evitar certas condições, como a famosa incontinência urinária que afeta milhares de pessoas no mundo. Com a musculatura exercitada, esse tipo de condição pode ser evitada, assim, evitando doenças maiores.

Nos casos de endometriose

Cada vez mais mulheres com endometriose buscam praticar a fisioterapia pélvica, por ser uma indicação dos médicos e por seus resultados positivos, confira a seguir os três principais benefícios de fazer a fisioterapia pélvica em caso de endometriose:

  • Fortalecimento do assoalho pélvico: auxilia na fixação da estrutura óssea da pelve, estabiliza as articulações dessa parte do corpo e sustenta os órgãos pélvicos;
  • Tratamento de outras dores;
  • Maior controle sobre sua vida e sua endometriose.

Na gravidez

A fisioterapia pélvica é indicada durante toda a gravidez, já que é capaz de evitar a incidência de traumas e contratempos durante o parto. Nesse tipo específico de fisioterapia deve ter um planejamento de todas as atividades, pensando exclusivamente em sua paciente. Também deve haver massagem perineal e o aleitamento materno.

No pós-parto

Além de evitar e tratar sequelas do parto, como por exemplo a formação de aderências cicatriciais, diástase dos músculos retos abdominais, a fisioterapia pélvica também prepara a musculatura perineal para o retorno da função sexual sem dor.

Confira outros benefícios no pós-parto:

  • Melhora a flacidez do períneo;
  • Fortalecimento da musculatura abdominal;
  • Evita dor durante a relação sexual;
  • Prevenção e/ou tratamento das incontinências urinária e fecal.

Como é feita a fisioterapia pélvica?

Confira como é feito o principal exercício do assoalho pélvico:

1 – Faça a contração dos músculos que você utiliza para interromper o fluxo do xixi. Imagine que sua vagina é um elevador que precisa subir. Atenção: evite contrair os músculos do abdômen, pernas e nádegas. Foque apenas nos músculos pélvicos.

2 – Permaneça com os músculos contraídos por, pelo menos, 4 segundos. A prática trará melhores resultados e resistência. Em breve, você conseguirá manter a contração por 10 segundos.

3 – Aos poucos solte o ar pela boca e relaxe gradativamente os músculos. Faça de 10 a 20 repetições pelo menos três vezes por dia.

Também há outros exercícios que são incluídos desse tipo específico de fisioterapia, confira:

  • Agachamento;
  • Ponte;
  • Prancha.

Fisioterapia pélvica, incontinência e os melhores produtos

Fisioterapia pélvica, incontinência e os melhores produtos

A incontinência pode atingir milhares de pessoas ao redor do mundo, e um dos melhores tratamentos é a fisioterapia pélvica, aliás, o primeiro passo dos médicos especialistas é indicar esse tipo de fisioterapia. 

Outro ponto importante para tratar a incontinência é com os melhores produtos, e a melhor é a Bigfral Moviment,  que visa a segurança e conforto em diversas peças, como absorventes, roupas íntimas e lenços umedecidos.

A Bigfral Moviment trabalha com uma tecnologia exclusiva contra suor e odores, auxiliando em todos os tipos de incontinência urinária, dos menores aos maiores fluxos. 

Você sempre confortável e segura com a Bigfral Moviment.