Fisioterapia Pós-Parto (Guia Completo 2022) | Bigfral

Home  »  Mulheres   »   Fisioterapia pós-parto

Fisioterapia pós-parto


Fisioterapia pós-parto

3 semanas atrás / 6 min de leitura

A fisioterapia pode auxiliar e contribuir para diminuir os desconfortos causados nos diversos momentos da gestação, e é de grande importância não só no começo da gravidez, como no pós-parto.

Os exercícios indicados vão aliviar sintomas como níveis de incontinência, dormência, dores entre outros. Confira a seguir tudo sobre a fisioterapia pós-parto, o que é, quando iniciar, exercícios específicos e muito mais!

O que é a fisioterapia pós-parto?

O período do pós-parto, também conhecido como puerpério, é um momento em que ocorrem diversas modificações físicas, além das psicológicas. Em alguns casos, ele pode desencadear alguns “problemas”, como a IU,  e por isso a fisioterapia pós-parto é indicada.

O papel da fisioterapia no pós-parto é totalmente baseado na recuperação, prevenção e tratamento dos muitos sintomas que podem acometer a mulher, a fim de diminuir os efeitos físicos indesejáveis das mamães. A fisioterapia pós-parto promove inúmeros benefícios como:

  • Reeducar a respiração;
  • Estimular a circulação;
  • Prevenir trombose;
  • Promover analgesia da região do períneo;
  • Reeducar musculatura abdominal.

Quando iniciar a fisioterapia pós-parto?

A fisioterapia deve começar antes mesmo do parto, para preparar o organismo de forma correta para receber o bebê, assim, fortalecendo o assoalho pélvico, abdomen e lombar para suportar o peso da barriga e a mudança brusca do corpo.

A fisioterapia pode ser iniciada no segundo trimestre da gravidez e continuar após o nascimento do bebê, auxiliando no desenvolvimento e no retorno do corpo e na prevenção da depressão pós-parto. Claro que todo e qualquer exercício deve ser autorizado pelo médico que faz o seu acompanhamento durante a gravidez.

Quais são os exercícios da fisioterapia pós-parto?

Quais são os exercícios da fisioterapia pós-parto?

Os exercícios da fisioterapia pós-parto ajudam a fortalecer as musculaturas do assoalho pélvico, e os mais intensos podem ser iniciados 15 dias após o parto normal ou 7 semana após a cesárea. Lembrando que os médicos devem liberar as mamães para realizar esses exercícios mais “puxados”.

Confira a seguir os diversos exercícios da fisioterapia pós-parto.

Exercício básico de contração do períneo

Esse exercício pode ser feito logo após o parto para fortalecer o assoalho e combater a incontinência, com a liberação médica. Confira como fazer:

  • Deite de barriga para cima e dobre as pernas;
  • Contraia o períneo de 5 a 10 segundos (como se estivesse prendendo a urina);
  • Ao mesmo tempo contraia o ânus;
  • Faça 10 séries de 10 contrações ao dia.

Exercício avançado de contração do períneo

Já o exercício avançado de contração do períneo trabalha além do assoalho, o fortalecimento do abdômen, esse exercício deve ser feito com o auxílio de uma bola, veja:

  • Fique de costas para a parede e coloque a bola entre a parede e as costas;
  • Separe os pés na largura do ombro;
  • Contraia o pavimento pélvico e abdominal;
  • Flexione os joelhos como se estivesse sentado;
  • A coluna não deve perder o contato com a bola e o movimento deve ser feito moldando a coluna à bola;
  • Fique na posição por 5 segundos e volte à posição inicial;
  • Faça esse exercício por 3 vezes.

Exercícios de Kegel 

Os exercícios de Kegel são os mais indicados para a fisioterapia pélvica, e na fisioterapia pós parto também é uma ótima pedida. O exercício é uma ótima opção para toda a musculatura do assoalho, para combater a incontinência e para melhorar o contato íntimo. Veja como fazer:

  • Esvazie a bexiga;
  • Identifique o músculo pubococcígeo, o que pode ser feito ao interromper o jato de xixi, por exemplo;
  • Volte a contrair o músculo pubococcígeo depois de urinar para se certificar que sabe contrair o músculo corretamente;
  • Realize 10 contrações seguidas do músculo, evitando acionar outro músculo;
  • Relaxe por alguns instantes;
  • Retome o exercício, fazendo pelo menos 10 séries de 10 contrações todos os dias.

Exercícios para o abdômen

Os exercícios para abdômen são mais “puxados”, por isso devem ser feitos após a liberação médica, sendo feitos de 2 a 3 vezes por semana, e três séries de 10 a 20 repetições, ou de acordo com o pedido médico. 

Confira a seguir os melhores exercícios para abdômen na fisioterapia pós-parto:

Ponte

A ponte é ideal para fortalecer o abdômen, os glúteos e as coxas, além de estabilizar o assoalho:

  • Deite de barriga para cima;
  • Alinhe os braços com o corpo;
  • Dobre os joelhos e apoie os pés no chão;
  • Contraia a pelve, o abdômen e os glúteos para elevar o quadril do chão;
  • Mantenha-se nessa posição por 10 segundos.
Exercício ponte

Abdominal com bola

Esse exercício é ótimo para fortalecer o abdômen e deve ser feito com o auxílio de uma bola:

  • Deite de barriga para cima;
  • Alinhe o braço com o corpo e coloque a bola entre as pernas na altura do tornozelo;
  • Levante as pernas com a bola, dobrando os joelhos;
  • Repita esse movimento de 10 a 15 vezes.
Exercício abdominal com bola

Prancha

A prancha melhora a postura e aumenta o metabolismo, também ajuda no equilíbrio corporal, confira como fazer:

Exercício prancha
  • Deite de barriga para baixo e eleve o corpo;
  • Apoie no chão somente o antebraço e as pontas dos pés;
  • Mantenha sempre o abdômen contraído e a cabeça e o corpo alinhados;
  • Fique nessa posição de 30 a 60 segundos;
  • Se no início tiver dificuldade em fazer a prancha com a ponta dos pés, apoie o corpo com os joelhos também.

Ginástica hipopressiva

A ginástica hipopressiva é ideal para o pós-parto, já que tonifica o abdômen e fortalece o assoalho pélvico. Confira o passo a passo:

Ginástica hipopressiva
  • Inspire normalmente e depois solte o ar completamente, até que o abdômen comece a contrair sozinho e, a seguir, encolher a barriga, sugando os músculos abdominais para dentro, como se quisesse encostar o umbigo nas costas.
  • Deve-se manter esta contração durante 10 a 20 segundos inicialmente e com o passar do tempo, ir aumentando o tempo aos poucos, permanecendo o maior tempo possível sem respirar.
  • Após a pausa, encha os pulmões de ar e relaxe completamente, voltando à respiração normal.

Quais cuidados devem ser tomados na fisioterapia pós-parto?

Os cuidados que devem ser tomados são muito importantes para o progresso dos sintomas, e lembre-se que todos devem ser indicados e orientados pelos médicos. Os cuidados são:

  • Beba muita água: mantenha o corpo hidratado para não prejudicar a produção de leite;
  • Inicie os exercícios de forma lenta e gradual: aumente a intensidade dos exercícios aos poucos, com muito cuidado, sempre respeitando seus limites.
  • Use roupas adequadas: roupas confortáveis como legging, camisas soltas (opte sempre por um sutiã de sustentação).

Melhores produtos para escapes de urina pós-parto

Se você busca os melhores produtos para ajudar no controle dos escapes de urina no pós-parto, a Bigfral Moviment é a pedida certa!

A Bigfral Moviment  desenvolveu produtos exclusivos, pensando especificamente na mulher e na saúde íntima feminina, para todos os momentos, inclusive no pós-parto.

Confira agora os produtos Bigfral Moviment mais indicados pelos médicos:

Roupas íntimas femininas

As roupas íntimas femininas da Bigfral Moviment são ideais para mulheres que estão no pós-parto e estão passando por escapes.  As roupas íntimas Bigfral Moviment têm tecnologia exclusiva Wet Block, que absorve o líquido rapidamente, evitando a umidade, também tem tecnologia antiodor, além das barreiras antivazamento, priorizando a segurança

Roupas íntimas femininas
Absorventes moviment

Absorventes

A Bigfral Moviment também tem absorventes ideais para usar em momentos do dia a dia, também com tecnologia Wet Block e antiodor, trazendo mais conforto e liberdade. A peça é focada no bem estar do paciente, principalmente no bem estar e conforto da grávida e da recém-mamãe.

Confira também nosso artigo: Fisioterapia pélvica para gestante

Fisioterapia pós-parto é mesmo necessária?

A fisioterapia pós-parto não é, de fato, uma obrigação. Mas é uma opção de exercício muito indicada para as mamães que desejam evitar ou controlar a incontinência urinária! Além de ser uma incrível maneira de auxiliar na saúde da grávida.

O melhor a se fazer é seguir as orientações de seu médico, já que ele conhece seu caso e sabe o melhor para você. E conte sempre com os produtos da Bigfral Moviment, que são pensados para atender às necessidades das mulheres.