Dermatite de fralda em idosos | Bigfral

Home  »  IdososSaúde   »   Dermatite de fralda em idosos

Dermatite de fralda em idosos


Dermatite de fralda em idosos

1 mês atrás / 6 min de leitura

A incontinência urinária é a perda involuntária da urina pela uretra. Geralmente atingindo idosos e pessoas acima dos 40 anos. Consequentemente, quem tem essa condição fica mais expostos a lesões na pele, como dermatite, candidíase entre outras reações.

Confira a seguir o que é dermatite, quais seus sintomas, diferentes causas e muito mais!

O que é dermatite?

A dermatite é uma doença inflamatória, uma reação da pele, que gera vermelhidão, coceira, descamação e bolhas. A dermatite não é transmitida por contato direto ou por objetos de uso pessoal, pode surgir em qualquer parte do corpo e em qualquer idade, geralmente afetando bebês e idosos, principalmente por alergia da fralda ou contato com a pele.

Pode ser causado pelo contato de alguma substância que contenha na fralda e cause alergia, má circulação, efeito colateral de algum medicamento, pele extremamente seca, entre outros fatores.

Seu tratamento varia de acordo com o tipo de dermatite e a causa dela, muitas vezes sendo solucionada com remédios prescritos ou pomadas.

Quais são os sintomas?

A dermatite geralmente é diagnosticada pela própria pessoa e confirmada pelo médico. Em seus vários tipos, o principal sintoma é a irritação na pele, além de erupções, descascamentos, fissuras, inchaços, secura ou vermelhidão. Também é comum coceira ou rubor.

Normalmente, os sintomas aparecem em locais abafados do corpo, como: nuca, nas juntas dos braços, atrás dos joelhos. Mas não se engane, os sintomas podem aparecer em qualquer lugar do corpo.

Dermatite associada a incontinência urinária

Quando a dermatite é associada a incontinência urinária, pode ocorrer problemas maiores, já que a condição está ligada a exposição à urina e, em alguns casos, fezes. 

Nesse caso, pode haver eritema e edema da superfície da pele, às vezes acompanhado por flictenas com exsudato seroso, erosão ou infecção cutânea secundária, causados pela urina e fezes.

Como diferenciar a alergia de fralda e assadura?

Apesar de a alergia e a assadura serem inflamações da pele, são tipos de problemas distintos que precisam de cuidados diferenciados. A assadura tem o aspecto ressecado, as vezes úmido, em alguns episódios aparecem pequenas bolinhas na região e a área afetada fica avermelhada. A alergia de fralda tem praticamente os mesmos sintomas, a grande diferença é a descamação da pele.

Dermatite de fralda em idosos

Outras causas de dermatite na área da fralda

Candidíase

A candidíase é causada por algum dos tipos do fungo conhecido como “candida”, presente em cerca de 20% da população feminina. Assim, a candidíase surge quando há a proliferação demasiada da candida albicans ou glabrata em relação aos outros micro-organismos presentes.

Estimativas apontam que afeta 75% das mulheres.

Dermatite de contato alérgico

A dermatite de contato, ou eczema, é um tipo de reação na pele que ocorre devido ao contato de alguma substância ou objeto que cause alergia ou inflamação na pele. Alguns agentes que podem causar a dermatite de contato são: sabão, cosméticos, substâncias, fraldas, perfumes, joias e hera venenosa.

O principal sintoma é uma erupção vermelha sempre que a pele entra em contato com o agente irritante. Além de coceira, vermelhidão intensa e inchaço. O tratamento desse tipo de dermatite é feito de acordo com a gravidade dos sintomas, com acompanhamento de um dermatologista, que normalmente indica o uso de pomadas ou cremes com corticoides.

Dermatite atópica

A dermatite atópica é uma doença crônica que causa inflamação da pele, levando ao aparecimento de lesões e coceira. Geralmente afeta indivíduos com história pessoal ou familiar de asma, rinite alérgica ou dermatite atópica.

A causa exata da doença é desconhecida. No entanto, atualmente se sabe que a dermatite atópica não é uma doença contagiosa e sim uma doença de origem hereditária. Os sintomas desse tipo de dermatite são: coceira e lesões na pele.

Para o tratamento existem diversos medicamentos que ajudam no controle da doença. As pomadas ou cremes de cortisona (cortisona tópica) são muito eficazes no controle da dermatite atópica. No entanto, devem ser indicadas e usadas corretamente para se evitar efeitos colaterais a longo prazo.

Dermatite seborreica

A dermatite seborreica é uma inflamação na pele que causa principalmente descamação e vermelhidão em algumas áreas da face, como sobrancelhas e cantos do nariz, couro cabeludo e orelhas, principalmente no couro cabeludo. É uma doença crônica, com períodos de melhora e piora dos sintomas.

A causa dessa dermatite é desconhecida, a inflamação pode ter origem genética ou ser desencadeada por agentes externos, como alergias, situações de fadiga, estresse emocional, baixa temperatura, álcool, medicamentos e até excesso de oleosidade.

O tratamento é feito a partir do diagnóstico que é feito clinicamente por um dermatologista que irá se basear na localização das lesões e no relato do paciente. Em alguns casos é necessária a realização de alguns exames clínicos, como a biópsia e o teste de contato.

O tratamento precoce das crises é importante e pode envolver as seguintes medidas: lavagens mais frequentes; pomadas e géis para o cabelo; o uso de cremes/pomadas também com antifúngicos e, eventualmente, com corticosteróide, dentre outros especificados pelo dermatologista.

Psoríase

A psoríase é uma doença autoimune, inflamatória e não contagiosa da pele. Onde o próprio sistema do corpo ataca as células dermatológicas causando lesões. Não há cura, mas o tratamento escolhido depende do tipo da doença, de sua extensão e da gravidade. 

Acrodermatitis enteropática

A acrodermatite enteropática é uma doença autossômica recessiva que causa desordem na absorção de zinco levando à hipozincemia.

Sífilis congênita

A sífilis é uma doença infecto-contagiosa sistêmica, de evolução crônica. A sífilis congênita é a infecção do feto via placentária, em qualquer momento da gestação ou estágio clínico da doença em gestante não tratada ou inadequadamente tratada.

A transmissão da sífilis é feita por relação sexual, já a sífilis congênita é transmitida via placenta, pois a doença está no sangue da mãe.

A prevenção para qualquer tipo da doença é a proteção no momento da relação sexual. E como consequência há os sintomas nos recém-nascidos, como irritabilidade, incapacidade para aumentar de peso ou incapacidade de progredir, secreção com sangue pelo nariz, erupção precoce, dores nos ossos, inflamação articular, dentes anormais, perda visual, nebulosidade da córnea, e audição reduzida ou surdez.

Histiocitose de células de Langerhans

A histiocitose de células de Langerhans é uma doença de células dendríticas. Os sintomas são o comprometimento de alguns órgãos como: ossos, pele, linfonodo, pulmão e sistema nervoso central.

O diagnóstico é feito a partir da biópsia, hemograma completo, exame de urina, radiografias, raio-x, entre outros.

Granuloma glúteo infantil

Granuloma glúteo infantil é um tipo de dermatose observada na área da fralda ou nádegas de lactentes, caracterizada clinicamente por nódulos ovais de cor púrpuro-avermelhados, que medem até 4 cm de diâmetro e ocorrem na face interna das coxas, nádegas, região inferior do abdome, pênis e áreas intertriginosas.

Abuso sexual

O termo abuso sexual é utilizado de forma ampla para categorizar atos de violação sexual em que não há consentimento da outra parte. Pode ocorrer com mulheres, homens, de todas as idades. Além de doenças e infecções sexualmente transmissíveis, pode haver a contração de dermatite.

Impetigo bolhoso

O impetigo bolhoso é caracterizado pelo aparecimento de bolhas na pele de tamanhos variados, que podem romper e deixar marcas avermelhadas na pele. Geralmente causadas pela bactéria Staphylococcus aureus, é uma infecção altamente contagiosa e mais frequente em crianças.

O impetigo bolhoso é caracterizado pelo aparecimento de bolhas na pele de tamanhos variados, que podem romper e deixar marcas avermelhadas na pele. Geralmente causadas pela bactéria Staphylococcus aureus, é uma infecção altamente contagiosa e mais frequente em crianças.

Os principais sintomas de impetigo bolhoso são:

  • Aparecimento de feridas e bolhas contendo líquido amarelado na pele;
  • Febre acima de 38ºC;
  • Mal-estar geral;
  • Surgimento de manchas vermelhas ou crostas na pele após rompimento das bolhas.


O diagnóstico é feito pelo médico responsável e o tratamento varia de acordo com o microrganismo responsável pela infecção.

Cuidados a serem tomados

Os cuidados que devem ser cuidados em relação a dermatite de fralda são:

  • Primeiramente procurar um médico para o diagnóstico oficial;
  • Pomadas adequadas
  • Fraldas indicadas para seu tipo de fluxo entre outros;
  • Medicamentos adequados;
  • Escolher uma fralda de qualidade.

Frequência da troca de fraldas

A frequência ideal para a troca de fraldas é de 3 a 6 vezes por dia, recomendado após cada episódio de urina.

Capacidade da absorção das fraldas

As fraldas, geralmente separadas por categorias e vantagens, tem suas diferentes capacidades para absorção, podendo variar entre 6 horas e 12 horas.

Controle de infecções

A melhor forma de prevenir uma infecção, é utilizando as fraldas de forma correta, respeitando os horários de troca e com uma ótima higiene. Muitas das fraldas Bigfral trabalham com os mais avançados para impedir infecções.

Higiene diária e preparações que devem ser evitadas

A higiene pessoal deve ser redobrada, além de todos os processos, como por exemplo, na troca de fralda deve-se limpar o local com lenços e produtos adequados etc.  O que deve ser evitado são: deixar o local abafado; não limpar corretamente; entre outros.

Como funciona o tratamento da dermatite?

O tratamento de dermatite é feito de acordo com a gravidade dos sintomas, e das reações, geralmente tratados por um dermatologista com pomadas indicadas e remédios com corticóides.

Qual a melhor fralda para idosos com dermatite?

Se você está procurando a melhor fralda, a Bigfral é perfeita para você, com fraldas de todos os tipos, para todas as situações, com conforto e qualidade de vida, a Bigfral preza o bem-estar e segurança do idoso.

Além das tradicionais fraldas, também trabalham com lenços e todo o suporte para a higiene íntima. Desde a noturna até a mais simples, as fraldas da Bigfral são as melhores do mercado.

Fraldas descartáveis x fraldas de pano

Confira a seguir os prós e contras entre as fraldas descartáveis e fraldas de pano:

 Fraldas descartáveis:

  • Prós – custo benefício, benefício ao meio ambiente, menos problemas de pele.

Fraldas de pano:

  • Prós – custo benefício, benefício ao meio ambiente, menos problemas de pele.

Conclusão

As fraldas da Bigfral Derma Plus são feitas pensando primeiramente no bem-estar do idoso, com tecnologia avançada e as melhores soluções. Quando usada corretamente, além de proteger, as fraldas Derma plus auxiliam na prevenção de infecções e alergias de pele, como a dermatite.