É normal a pele ficar mais fina com a idade? Entenda por que acontece e como cuidar | Bigfral

Home  »  HomensIdososMulheresSaúde   »   É normal a pele ficar mais fina com a idade? Entenda por que acontece e como cuidar

É normal a pele ficar mais fina com a idade? Entenda por que acontece e como cuidar


É normal a pele ficar mais fina com a idade? Entenda por que acontece e como cuidar

2 meses atrás / 3 min de leitura

Com o passar dos anos, é natural que a pele se torne mais fina e sensível. Entender por que o ressecamento acontece e como cuidar é importante para prevenir lesões e irritação.

As mudanças de espessura da pele ocorrem principalmente devido à queda na produção de colágeno, proteína responsável pela sustentação, elasticidade e firmeza da pele. Essa redução na produção de colágeno prejudica a renovação celular, resultando em perda de densidade e hidratação. Isso começa a acontecer a partir dos 30 anos, mas é após os 60 que os efeitos ficam mais evidentes na pele.

Com a pele mais fina e sensível, os idosos estão mais expostos a desenvolverem dermatite (inflamação na pele), alergias que provocam coceira, lesões e, em casos mais graves, infecções. E isso vale para a pele do corpo todo, incluindo a região íntima.

Sim, pouco se fala sobre o assunto, mas cuidar da pele da região íntima é tão importante quanto hidratar as outras partes do corpo e rosto. E quando o idoso apresenta incontinência urinária, a atenção precisa ser ainda maior.

Como mostra a pesquisa do IPEC (Inteligência e Pesquisa e Consultoria) encomendada pela Bigfral: 77% das pessoas com incontinência urinária afirmam que já tiveram lesões e irritações na pele próximo à região íntima.

Além de acompanhamento periódico com profissionais da saúde, que avaliam a necessidade do uso de medicamentos e tratamentos específicos, a Associação Brasileira pela Continência B.C.Stuart também recomenda alguns cuidados simples em casa que podem evitar esses problemas.

Como cuidar da pele do idoso

Quem cuida de uma pessoa idosa com certeza já percebeu que a hidratação é fundamental para o bem-estar nessa fase. Veja algumas atitudes que colaboram para manter a pele hidratada e protegida.

Banhos curtos

Na hora do banho, é importante não deixar a temperatura da água muito quente. Prefira banhos mornos e curtos. Uma vez ao dia já costuma ser o suficiente para manter a pele higienizada. O uso de esponjas também não é recomendado, já que retiram a oleosidade natural e aumentam a sensibilidade da pele. Quanto à escolha dos sabonetes, opte pelos neutros e com propriedades hidratantes.

Muito hidratante!

A pele do idoso não pode ficar sem creme hidratante. E vale lembrar: o melhor momento para aplicar é logo após o banho, quando os poros estão abertos e absorvem mais facilmente o produto. Desta forma, a pele retém água na camada superficial e se mantém hidratada por mais tempo. Ah, e não esqueça de hidratar também os lábios, principalmente antes de dormir!

Sem perfume e corante

Os hidratantes mais indicados são os neutros, sem adição de corantes e perfumes. Em geral, os produtos neutros contêm propriedades umectantes e que fortalecem a barreira cutânea como glicerina, pantenol, ceramidas, e manteiga de karité. Os óleos vegetais dermocosméticos também são aliados para áreas mais ressecadas, como joelhos, cotovelos e pés.

Roupas leves

Alguns tecidos mais pesados como jeans e sintéticos podem irritar a pele sensível. O ideal é priorizar tecidos naturais como algodão e modelagens mais soltas e confortáveis.

Proteção solar

O uso de filtro solar é indispensável em qualquer idade para proteger a pele dos danos causados pelos raios UV. Aplique um filtro solar específico para a pele do rosto e outro para o corpo. Bonés, viseiras e óculos também são bem-vindos para aumentar a proteção.

Ofereça água

É muito comum ouvir de um idoso que ele “não está com sede”. Isso acontece porque os mecanismos neurológicos que avisam quando é hora de ingerir líquidos tendem a se tornar cada vez mais lentos na terceira idade. Por isso, é necessário sempre oferecer água e sugerir o consumo durante o dia. Caso contrário, pode ocorrer desidratação, o que agrava o ressecamento da pele.

Região íntima

Os idosos que apresentam incontinência urinária necessitam de atenção especial. A troca da roupa íntima ou absorvente deve ser realizada com frequência (no mínimo 4 vezes ao dia) para evitar o contado com a urina. Quanto ao uso das fraldas, a melhor opção é apostar em produtos que cuidam da incontinência urinária e também protegem a pele.

Bigfral Derma Plus, além de garantir até 12 horas de proteção, contém o sistema de cuidado total da pele com extratos naturais hidratantes que ajudam a prevenir a irritação na pele. Bigfral Derma Plus, mais do que proteção, cuidado.