Tudo Sobre a Menstruação (Guia da Mulher) | Intersena

Home  »  Saúde   »   Tudo sobre a menstruação

Tudo sobre a menstruação


Tudo sobre a menstruação

2 semanas atrás / 7 min de leitura

Muitas meninas se sentem inseguras ou talvez até um pouco assustadas com o início da primeira menstruação. Isso é compreensível porque o assunto ainda é considerado tabu. Muitas vezes, nem os pais e nem os professores conseguem abordar o tema de tal forma que todas as incertezas possam ser eliminadas. 

Ainda assim, é importante reforçar que não há nada a temer. Para aliviar essa tensão da primeira menstruação, podemos considerar que quase metade da população mundial sangra regularmente. Então, é um ciclo natural da vida, que não há melhor forma de lidar sobre o assunto, quanto sabendo tudo sobre a menstruação com antecedência.

A dica de ouro e que pode ser muito útil é conversar com a mãe, irmãs, namorada ou outras mulheres próximas. Descobrir como os outros lidam com a menstruação, quais produtos de higiene usam e como se sentem sobre isso, de certa forma, pode proporcionar segurança. 

Embora a menstruação seja uma coisa natural com a qual todas as mulheres têm que lidar mensalmente, existem muitos rumores, mitos e meias verdades em torno do tema. Por isso, preparamos esse artigo explicativo, desvendando mitos e falando sobre os benefícios do ciclo menstrual. Confira!

O que é menstruação?

A menstruação, também conhecida como período, é um processo normal no corpo feminino, no entanto, a duração e a intensidade variam de pessoa para pessoa. O que está por trás disso é basicamente muito fácil de explicar: todo mês, os óvulos amadurecem nos ovários. Normalmente, apenas um óvulo maduro deixa o ovário e desce pela trompa de falópio em direção ao útero.

Esse processo é chamado de ovulação. Geralmente ocorre uma vez por mês e faz parte do ciclo menstrual. Isso começa no primeiro dia do período e termina quando o próximo sangramento começa. A duração do ciclo entre 25 e 35 dias é considerada normal. A duração média do ciclo é de 28 dias.

As próprias substâncias mensageiras do corpo (hormônios) regulam esse ciclo mensal. Eles não apenas garantem a ovulação, mas também garantem que a membrana mucosa na parede interna do útero se acumule. É aqui que o óvulo pode se aninhar após a fertilização. Se a fertilização não ocorrer, o óvulo morre. Em seguida, alguns vasos sanguíneos no revestimento uterino se abrem temporariamente e a camada superior do revestimento do útero se solta.

Com a ajuda dos músculos uterinos, que se contraem e relaxam novamente, o tecido é derramado e flui para fora do corpo através da vagina junto com um pouco de sangue. Isso é menos do que muitos pensam: como regra, apenas 20 a 60 mililitros de sangue são excretados todos os meses. Geralmente, dura de três a cinco dias. As contrações do útero podem causar as chamadas dores menstruais, especialmente no início da menstruação.

Quando inicia a menstruação?

Saber tudo sobre a menstruação é o primeiro passo para ficar tranquila quanto ao assunto. Não existe uma idade certa para uma menina menstruar pela primeira vez, mas a média é aos 13 anos. No entanto, como este é apenas um valor médio calculado estatisticamente, algumas mulheres têm sua primeira menstruação em uma idade mais jovem e outras apenas alguns anos depois.

Quais reclamações podem ocorrer durante a menstruação?

Muitas mulheres sentem dores de cabeça e nas costas, espinhas e retenção de líquidos e a clássica: cólica abdominal. Desejos e mudanças de humor também são possíveis.

E antes da menstruação?

Tais sintomas podem aparecer não apenas durante o período de sangramento, mas também antes dele. Dor de cabeça, inchaço, estresse, emoções à flor da pele, ou o simples ato de vasculhar os armários em busca de chocolate de mau humor representa que foi afetada pela síndrome pré-menstrual (TPM).

Por que as mulheres sentem cólicas menstruais?

Por que as mulheres sentem cólicas menstruais?

A causa das cólicas abdominais que atormentam muitas mulheres é a musculatura do útero. Ele se contrai e relaxa em intervalos irregulares. A contração é necessária para que o tecido possa se desprender do útero e ele sangrar o mais rápido possível.

Se o sangramento é mais forte ou mais leve pode estar relacionado à condição física da mulher. Se uma mulher está de dieta ou pratica muito esporte, seu sangramento geralmente é mais fraco. Se ela estiver abaixo do peso, a ovulação pode não ocorrer e pode não haver sangramento. Por outro lado, se uma mulher está acima do peso, ela costuma sangrar um pouco mais.

Como saber se a menstruação está saudável?

Embora cada mulher seja única e, no mundo real, não existam menstruações perfeitas, esses cinco fatores são fortes indicadores de que você tem um ciclo menstrual saudável:

Seu ciclo menstrual é entre 26-35 dias?

Idealmente, o ciclo menstrual deve ter entre 26 e 35 dias e aproximadamente a mesma duração todos os meses. A duração total do ciclo é contada a partir do primeiro dia de fluxo adequado da menstruação até o último dia antes da próxima menstruação. Ciclos com duração irregular por mais de 5 dias, mais curtos ou mais longos que 26-35 dias podem ser uma indicação de que seus hormônios estão fora de controle.

Não sente dor? Sim, está certo!

Um ciclo menstrual saudável deve ser livre de dor. Uma leve sensação de desconforto e distensão na parte inferior do abdômen está bem, mas se você estiver sentindo cólicas dolorosas no abdômen, costas e/ou pernas, esta é a maneira do seu corpo lhe dizer que algo não está certo.

Você só sangra durante os dias em que menstrua?

Um período saudável começa com 3-7 dias de fluxo sólido, seguido por alguns dias de sangramento mais leve. Não deve haver sangramento em nenhum outro momento do ciclo. Sangramento prolongado ou intenso , um período muito leve ou manchas em outros momentos durante o ciclo pode indicar baixa progesterona, deficiência de ferro e outros desequilíbrios internos.

O sangue tem uma cor vermelha saudável?

O sangue menstrual de cor vermelha sem a presença de coágulos ou muco ocorre quando há fluxo sanguíneo adequado dentro do útero. Sangue escuro, roxo ou marrom e a presença de coágulos indicam má circulação uterina. A estagnação do sangue no útero causa dor e pode levar a outras complicações.

Você não passa pela tensão pré-menstrual (TPM)?

Se a sua menstruação vem e vai sem a TPM tomar conta do seu corpo e dar uma festa, é sinal de que seus hormônios estão felizes!

Pode parecer que a maioria das mulheres que você conhece (inclusive você) experimenta seios sensíveis, dores de cabeça, desejos por comida, inchaço, alterações intestinais e se sente excessivamente emocional nos dias ou semanas que antecedem a menstruação, mas isso não é a norma! Se você está experimentando qualquer combinação desses sintomas, seus hormônios estão gritando por atenção.

É muito importante reservar um tempo para verificar seu corpo, pois seu ciclo menstrual é um indicador direto de sua saúde geral. É recomendável usar um aplicativo de rastreamento de período para acompanhar os ciclos e quaisquer sintomas.

Curiosidades sobre a menstruação

Mudanças de humor, dor abdominal, irritabilidade – muitas mulheres podem causar medo ao falarem sobre sua menstruação, mas ainda assim, o período é diferente para cada uma e quanto mais conhecer seu corpo e realizar acompanhamento médico, mais aprenderá a lidar com a menstruação com naturalidade.

A menstruação tem um propósito e proporciona benefícios para as mulheres, apesar da fase do período não ser boa. A curiosidade sobre a menstruação e que muitas pessoas não sabem é que dependendo da fase, o ciclo menstrual também pode produzir forças que as mulheres podem usar ao seu favor.

A mulher vive em ciclo sem saber, na primeira metade do ciclo, o hormônio estrogênio aumenta. Como resultado, muitas mulheres se sentem mais enérgicas, são mais sociáveis ​​e criativas – especialmente logo antes da ovulação.

Estudos também mostraram que o estrogênio afeta o cérebro. Durante esta fase, as mulheres são mais produtivas e receptivas. Você pode usar esse tempo para iniciar novos projetos e concluir tarefas tediosas.

Na segunda metade do ciclo, os níveis de estrogênio caem e o hormônio progesterona é liberado. Isso faz com que muitas mulheres tenham menos energia. Durante esse período, pode ser útil assumir tarefas leves e concluir projetos.

Pouco antes do período menstrual, ambos os hormônios caem para seu nível mais baixo. Isso desencadeia a síndrome pré-menstrual (TPM) com fadiga, irritabilidade e dores de cabeça em alguns casos e cólicas podem ocorrer durante o sangramento menstrual.

Quando devo me preocupar com a menstruação?

Como já falamos, a duração do ciclo entre 25 e 35 dias é considerada normal. Desvios disso são chamados de distúrbios do ciclo. Uma menstruação saudável dura em torno de 3 a 5 dias, até 7 dias ainda pode ser considerado normal, mas acima disso é necessário falar com um médico e fazer um acompanhamento.

Existem vários diagnósticos para um fluxo mais longo e intenso, como para um fluxo irregular, mas o ginecologista é o profissional capacitado para solicitar exames, acompanhar os fatos e prescrever um tratamento. Então, o primeiro passo é conversar com seu médico e não tirar conclusões precipitadas com dados da internet.

Ocasiões que a menstruação pode ficar desregulada

Após o nascimento de uma criança, pode levar algum tempo até que o ciclo hormonal volte ao normal e o período recomece – especialmente durante a amamentação, a maioria das mulheres não menstruam. As irregularidades também podem ocorrer durante a menopausa, no período anterior à última menstruação.

A oligomenorreia ocorre principalmente após o primeiro período menstrual (menarca) e pouco antes ou durante a menopausa, ela é responsável pela mudança hormonal que ocorre no corpo. No entanto, não é a única razão para o sangramento menstrual ser pouco frequente; também pode ser causado por:

  • Sofrimento psicológico e estresse;
  • Esporte competitivo ou esporte excessivo;
  • Disfunção do ovário;
  • Distúrbios hormonais;.
  • Tireóide hiperativa ou hipoativa;
  • Anorexia.

Busque informações

Roupas íntimas femininas

Saber tudo sobre a menstruação não contribui só para o início do período, mas para compreender todas as fases da vida, os benefícios do ciclo e a importância de um acompanhamento médico.

É se aprofundando sobre todas as etapas e como funciona o corpo, que a mulher começa a respeitar mais suas limitações, necessidades e desejos. Aprender a buscar mais informação, falar sobre o tema sem ser um tabu, compartilhar experiências e orientar. É assim que as mulheres se tornam uma rede de apoio para as outras.

Nesse processo, ter produtos de higiene adequados, tanto para o início dos fluxos, período da maternidade e início da menopausa é primordial para se sentir confortável e confiante. Por isso a Bigfral preparou esse conteúdo, baseado em todas as premissas que acredita e na sororidade feminina.

Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários
0
Por favor, comente.x
()
x