Como Começa a Menopausa? (Guia 2022) | Bigfral

Home  »  Saúde   »   Como começa a menopausa?

Como começa a menopausa?


Como começa a menopausa?

3 semanas atrás / 6 min de leitura

Uma das certezas que todas as mulheres com útero vão passar na vida: a menopausa. A idade em que começa e quanto tempo dura pode variar muito de mulher para mulher. Para algumas, a mudança no equilíbrio hormonal leva apenas alguns meses. No entanto, um terço das mulheres experimentam a menopausa no verdadeiro sentido da palavra.

A partir dos 40 anos, o corpo inicia uma mudança relacionada à idade no equilíbrio hormonal. Sintomas perceptíveis, como sangramento irregular, anunciam o início da menopausa em uma idade média de 47,5 anos. Neste momento, não é possível prever para uma mulher, individualmente, quando a menstruação irá finalmente parar completamente. Mas, sabe-se que aos 51 anos, mais da metade das mulheres estão nos estágios finais da menopausa e tiveram seu último período menstrual há um ano.

Mesmo que certamente pareça para algumas pessoas: a menopausa não é uma doença, mas descreve uma fase de mudanças hormonais naturais, após a qual, as mulheres não são mais férteis.

A menopausa pode ser simples e descomplicada quando se está bem informada e com um acompanhamento médico adequado. Para auxiliar neste período desafiador, mas também libertador, fizemos este artigo com fatos interessantes sobre os primeiros sinais, orientações e precauções que podem ser tomadas. Confira!

O que é a menopausa?

A menopausa é o período de alteração hormonal no final da fase fértil da vida.

Os médicos dividem esse período em: perimenopausa, o período imediatamente antes da interrupção da menstruação, que começa em média aos 47,5; menopausa, o tempo do último período menstrual seguido por pelo menos 12 meses sem sangramento; e então, a pós-menopausa.

Esses três períodos possuem alterações hormonais distintas e que precisam ser acompanhados por médicos especialistas, para que as mulheres possam passar por essas fases de uma maneira mais leve e tranquila, longe dos mitos que às vezes podem ser encontrados na internet.

Quais são os sintomas da menopausa?

A alteração hormonal durante a menopausa nem sempre tem de estar associada a sintomas ou doenças. Para algumas mulheres, a menopausa se anuncia tão suavemente que elas mal percebem. Outras, por outro lado, apresentam sintomas físicos claros. Também é possível que as mulheres não percebam a menopausa até que parem de sangrar completamente. A “regra dos terços” se aplica aqui: um terço das mulheres apresenta sintomas graves, um terço apresenta sintomas moderados e um terço quase não apresenta sintomas.

Nesse tópico, precisamos ter a sensibilidade para entender que existem sintomas que correspondem aos períodos explicados acima: perimenopausa e menopausa, e que esses sintomas não significam necessariamente que todas as mulheres vão tê-los. A menopausa é individual para cada pessoa, então não tem uma regra para isso.

O que é perimenopausa?

O que é perimenopausa?

Você nunca ouviu falar disso antes? Não se preocupe, você não está sozinha nessa. Normalmente, a perimenopausa começa no início dos quarenta anos e dura de quatro a dez anos. Também pode começar no final dos 30 e durar até 15 anos. A menopausa é um processo que leva anos e se trata de uma mudança repentina de um dia para o outro. Ela é um pouco parecida com a puberdade, só que demora um pouco mais.

A perimenopausa, ou transição da menopausa, é o momento em que os ovários gradualmente começam a produzir menos estrogênio. Geralmente dura até a menopausa, quando os ovários param de liberar óvulos. Nos últimos dois anos da perimenopausa, a queda no estrogênio se acelera, e é nesta fase, que muitas mulheres apresentam sintomas.

Como identificar que está na perimenopausa?

Seu sono não é mais tão profundo e bom como de costume? Sentindo-se mal-humorada sem motivo ou de repente ansiosa? Acorda no meio da noite suada? Isso soa como os primeiros sinais do início da perimenopausa.

Este é o momento em que começam as mudanças hormonais e as mulheres sentem os primeiros sinais. Eles geralmente são muito sutis como: falta de energia; distúrbios do sono; e aumento dos sintomas pré-menstruais, como enxaquecas, sensibilidade mamária e cólicas.

A perimenopausa começa cerca de quatro a dez anos antes do período menstrual final. No início, o ciclo menstrual costuma ser regular e quanto mais o período final se aproxima, mais irregular o ciclo costuma se tornar (o espaçamento entre os períodos e a duração tornam-se mais irregulares). Ambos costumam ser mais curtos.

Recomenda-se documentar a menstruação, porque essa é a maneira mais rápida de detectar desvios do ritmo normal.

Sintomas comuns

Os sintomas variam dependendo de qual hormônio está muito alto ou muito baixo e o que mais está acontecendo no corpo e especialmente na vida. Muitas vezes, nos estágios iniciais, muito estrogênio causa a maioria dos sintomas. Mais tarde, na pós-menopausa, o baixo estrogênio costuma ser o “culpado”.

As mulheres na perimenopausa têm pelo menos alguns destes sintomas:

  • Ondas de calor;
  • Mastalgia;
  • Síndrome pré-menstrual;
  • Baixo desejo sexual;
  • Fadiga;
  • Períodos irregulares;
  • Secura vaginal;
  • Desconforto durante o sexo;
  • Perda de urina ao tossir ou espirrar;
  • Urgência urinária (uma necessidade urgente de urinar com mais frequência);
  • Mudanças de humor;
  • Problemas para dormir.

Meus sintomas da perimenopausa são normais ou devo me preocupar?

Períodos irregulares são comuns e normais durante a perimenopausa. Mas outras condições podem causar alterações no sangramento menstrual. Se alguma das seguintes situações se aplica a você, consulte um médico para descartar outras causas:

  • Períodos intensos ou com coágulos sanguíneos;
  • Períodos que duram vários dias, mais do que o normal;
  • Sangramento entre os períodos;
  • Sangramento depois do sexo;
  • Períodos com curto espaço de tempo.

As causas de sangramento anormal incluem problemas hormonais, pílulas anticoncepcionais, gravidez, miomas, problemas de coagulação do sangue ou, raramente, câncer.

Como a perimenopausa é diagnosticada?

O médico especialista realiza o diagnóstico de perimenopausa com base nos sintomas, exames de sangue para verificar os níveis hormonais também ajudam, mas como os níveis hormonais estão mudando durante a perimenopausa, é recomendável um acompanhamento com ginecologista, para solicitações de exames de sangue em momentos diferentes para comparação e chegar a uma conclusão.

É possível engravidar na perimenopausa?

A resposta é sim. Apesar de um declínio na fertilidade durante a fase da perimenopausa, há possibilidades reais para que isso aconteça.

Para algumas mulheres, engravidar pode ser difícil quando estão entre os 30 e 40 anos devido a queda na fertilidade. Mas, se engravidar é o objetivo, existem tratamentos que podem contribuir para esse fato.

Existem tratamentos que podem aliviar os sintomas da perimenopausa?

Muitas mulheres obtêm alívio das ondas de calor depois de tomar pílulas anticoncepcionais de baixa dosagem por um curto período de tempo. Outras opções que podem controlar as ondas de calor incluem o adesivo anticoncepcional, anel vaginal e injeções de progesterona. Algumas mulheres não devem usar hormônios anticoncepcionais, então converse com seu médico para verificar se eles são adequados para você.

E, claro, as mulheres também podem se sentir melhores se tiverem hábitos que contribuam com o seu bem-estar, como:

  • Exercícios;
  • Parar de fumar;
  • Dormir mais e ter uma rotina de sono saudável;
  • Obter cálcio suficiente na dieta;
  • Perguntar ao seu médico se deve tomar multivitaminico.

Quando termina a perimenopausa?

As mulheres experimentam a duração da menopausa de forma muito individual. Algumas passam por esse período quase sem esforço e mal percebem a menopausa. Para as mulheres que lutam contra os sintomas, a transição para a nova fase da vida pode parecer um longo tempo. Entretanto, existem boas opções para tratar os sintomas da menopausa.

Como melhorar os sintomas da menopausa?

A mudança hormonal tem um efeito direto sobre o ciclo menstrual. É por isso que um dos primeiros sintomas da menopausa é uma mudança no seu período. Pode tornar-se (mais) irregular, mais curto, mais longo, mais forte ou mais fraco.

O sangramento muito intenso ou prolongado pode causar deficiência de ferro, nesses casos, deve-se conversar com seu médico ginecologista para seguir um tratamento adequado.

O que é a pós-menopausa?

A pós-menopausa é o período de um ano após a menopausa até os 65 anos, quando o corpo feminino praticamente não produz mais estrogênio. No entanto, como nos anos anteriores, continuam a ser produzidas pequenas quantidades de hormonas masculinas. Há, portanto, uma preponderância relativa de hormônios masculinos (andrógenos).

Sintomas como pele e mucosas secas, dores nas costas e nas articulações podem ocorrer.

O que pode ser feito para viver esse período com tranquilidade?

Uma alimentação saudável, um estilo de vida ativo e, acima de tudo, uma dieta rica em substâncias vitais são, portanto, mais importantes do que nunca. Numerosos estudos mostram a grande influência da dieta e do fornecimento de nutrientes no bem-estar durante a menopausa. Estes incluem proteínas vegetais, vitaminas e minerais, fibras, probióticos, gorduras ômega 3 e também adaptógenos .

E para que tenha a efetiva tranquilidade nesse período, é primordial que converse com seu médico sobre seus sintomas específicos e objetivos do tratamento. Isso irá ajudá-los a fazer um plano certo para você.Quanto melhor você se cuidar, mais fácil será a transformação. Quaisquer que sejam as mudanças que você experimente, tudo está mudando constantemente. Como você mesmo. Então, a dica da Bigfral Moviment para as mulheres é: adapte-se às mudanças permanentes e aprenda a ouvir e respeitar seu corpo.

Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários
0
Por favor, comente.x
()
x