Bigfral lança a 1ª edição do evento Inco Talks | Bigfral

Home  »  Saúde   »   Bigfral lança a 1ª edição do evento Inco Talks

Bigfral lança a 1ª edição do evento Inco Talks


Bigfral lança a 1ª edição do evento Inco Talks

1 ano atrás / < 1 min de leitura

Bigfral promove roda de conversa sobre o tema da Incontinência Urinária com a presença de influencers e imprensa

Como parte de uma série de iniciativas lançadas na semana do Dia Da Incontinência Urinária, comemorado em 14 de março, Bigfral realizou a primeira edição do Inco Talks, um evento com o objetivo de reunir especialistas para discutirem o tema da Incontinência Urinária e ajudarem a quebrar o tabu acerca da condição que acomete 5% da população.

O evento foi apresentado pela influencer de saúde e bem-estar Mariana Ferrão e pelo personal trainer Marcio Lui, e contou com a presença da dra. Claudia Rosenblatt Hacad (Doutoranda em Ciências da Reabilitação pela Faculdade de Medicina da USP), dra. Mica Ocanhas (sexóloga, fisioterapeuta e professora), e Willians Fiori (gerente de relações institucionais da Ontex, dona da marca Bigfral).

Mariana Ferrão compartilhou uma pesquisa do IBOPE encomendada pela Bigfral destacando que 90% dos brasileiros conhecem a condição, 78% desconhecem que qualquer perda involuntária de líquido é classificada com IU, 58% das mulheres afirmam que já sofreram escapes de urina em situação de esforço e 47% desconhecem a existência de tratamento.

O personal Marcio Lui elucidou que as pessoas devem ter consciência de que a condição acomete não só os idosos, mas também pessoas mais jovens e até mesmo adolescentes, através, por exemplo, de exercícios de alto impacto. Marcio Lui recomendou exercícios para fortalecer o abdômen e o assoalho pélvico para prevenir o desenvolvimento de incontinência nesses casos.

A incontinência urinária que acomete grande parte da população , ainda é considerada tabu por muitos, porém o evento impulsionou a desconstrução dessa imagem, e além de oferecer dicas para as pessoas que a possuem, também esclareceu que existe prevenção, tratamento e que é possível conviver com a condição de uma maneira mais leve e natural.