A Importância do Exercício Físico Para a Saúde | Bigfral

Home  »  Mulheres   »   A importância do exercício físico para a saúde

A importância do exercício físico para a saúde


A importância do exercício físico para a saúde

1 mês atrás / 10 min de leitura

A importância do exercício físico para a saúde é algo unânime para todas as pessoas, mas apesar de saberem disso, nem todos conseguem manter uma rotina de atividades diariamente e isso se deve a inúmeros fatores.

Entre eles, está a falta de orientação profissional, além de dificuldades em encontrar um exercício que de fato dê prazer a longo prazo e, principalmente, por onde começar.

Se você quer mudar a sua rotina e começar a ter hábitos mais saudáveis, mas não sabe nada sobre esse assunto, não se desespere. Confira esse artigo especial que preparamos e aprenda tudo sobre os exercícios físicos e suas principais vantagens!

Benefícios das atividades físicas

A atividade física é uma das principais aliadas para quem quer se manter saudável, não apenas no que diz respeito à saúde do corpo, mas principalmente para a saúde da mente. Entre os motivos que contribuem para a grande importância do exercício físico para a saúde, está a melhora da capacidade cognitiva, além da redução dos níveis de ansiedade e estresse, doença que de acordo com uma pesquisa publicada na The Lancet, aumentou 28% com a pandemia e que, mesmo antes de 2020 já estava entre as principais causas de demanda global nos serviços de saúde. 

Além disso, a prática diária de atividade física é capaz de fornecer mais energia para o corpo e aumentar a autoestima. Isso é possível porque os movimentos motores realizados durante as atividades físicas liberam endorfina no cérebro, hormônio que é conhecido por causar felicidade e que traz inúmeros outros benefícios, como por exemplo:

  • Melhoram a memória e a concentração;
  • Elevam o humor;
  • Aumentam a disposição física e mental;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Alivia dores e tensões musculares;
  • Melhora a qualidade do sono;
  • Auxiliam na liberação de serotonina, neurotransmissor responsável pelo bom humor e pela regulação do sono.

Além de exercerem impactos positivos no tratamento de diversos transtornos mentais, como ansiedade, depressão, síndrome do pânico, déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), o exercício físico, assim como é popularmente difundido, também traz inúmeros benefícios para a saúde do corpo, como por exemplo: 

Combate o excesso de peso

Ter um corpo saudável vai muito além de ter um corpo magro ou gordo, mas sabemos que manter-se em forma é um dos maiores motivos que fazem com que as pessoas comecem a praticar alguma atividade física.

E é comprovado que os exercícios regulares contribuem para a perda de gordura corporal, além de ajudar na redução do peso e, principalmente, prevenir doenças como a obesidade e diabetes.

Isso acontece porque ao se exercitar, é possível queimar calorias, sendo que quanto mais intenso for o ritmo do exercício, maior será essa queima e isso contribuirá para o gasto calórico. Fator fundamental para a perda de peso.

Dentre as opções de exercícios disponíveis, a corrida se torna uma ótima opção para quem deseja perder alguns quilos extras ou até mesmo melhorar a atividade cardiovascular. No entanto, é importante ter cuidado e, principalmente, orientação profissional, já que a corrida pode ter um forte impacto para o corpo, não sendo a atividade mais recomendada para pessoas que sofrem com problemas na articulação ou nos tendões. 

Nesse caso, o ideal é optar por uma atividade mais leve, como por exemplo, caminhadas em ritmo moderado.

Reduz a pressão arterial

De acordo com estudos, a prática de atividades físicas regulares pode diminuir em aproximadamente 30% a incidência de hipertensão arterial em indivíduos. Nesse sentido, as atividades que podem auxiliar são corridas e caminhadas, andar de bicicleta, natação, subir e descer escadas. Sendo que os exercícios aeróbios são os mais recomendados pelos médicos.

Essa prática regular é capaz de promover uma maior resistência no coração, além de reduzir a pressão arterial e os riscos de desenvolvimento de doenças cardíacas. 

Ajuda a controlar a glicemia

A prática de atividades físicas regulares também pode ajudar no controle da glicemia, já que o trabalho muscular pode consumir glicose mesmo que pouca insulina esteja presente. Durante o exercício, os músculos podem aumentar de 7 a 20 vezes a captação de glicose durante os 30 a 40 minutos iniciais, dependendo da intensidade, sendo uma das principais medidas na prevenção do diabetes e para o controle glicêmico das que já são diabéticas. 

Fortalece ossos e articulações

Quando feitos de forma correta, os exercícios físicos podem ajudar a aumentar a força muscular, fortalecendo assim os ossos e as articulações. Entre os exercícios que podem contribuir para esse objetivo, estão a caminhada moderada que é uma ótima opção para ajudar na prevenção e/ou tratamento da osteoporose, pois ajuda a aumentar a densidade óssea, além de causar um baixo impacto, o que diminui o risco de fraturas, principalmente em idosos. 

Outra opção é a dança que, por trabalhar diretamente com os ossos das pernas, quadril e coluna, retarda a perda de minerais nos ossos, além de melhorar a circulação sanguínea e a capacidade cardiorrespiratória.

Assim como nas opções acima, a hidroginástica também pode ser uma grande aliada, pois estimula a produção de massa óssea, melhora o condicionamento físico e alivia o estresse e a ansiedade. Além de contribuir para o  fortalecimento dos músculos. 

Por fim, subir e descer escadas também pode ser uma forma prática de fortalecer os ossos e articulações. Nesse caso, no entanto, a atividade não é recomendada para pessoas que sofrem de inflamação nas articulações ou mesmo de osteoporoses, já que pode ter o efeito contrário.

Aumenta a força e a resistência muscular

Outro benefício do exercício físico contínuo e duradouro é o fortalecimento e tonificação dos músculos. Com a prática desse tipo de atividade por alguns meses, já é possível perceber uma mudança aparente na musculatura. Além disso, contribui para a prevenção de lesões, no entanto, é indicado que eles sejam realizados sempre com o acompanhamento e supervisão de um profissional da área. 

Diminui o estresse

Como já falamos acima, a saúde mental está entre os principais pontos de importância do exercício físico. A prática regular (de três a quatro vezes por semana) é capaz de proporcionar a diminuição do estresse e outros benefícios psicofisiológicos por conta da liberação de hormônios que são produzidos pelas glândulas, que é o caso da adrenalina (glândula adrenal), que age em situações de estresse físico, emocional ou ambos. 

Além disso, também é produzido o cortisol, que atua como um anti-inflamatório natural, o GH, hormônio do crescimento que é produzido naturalmente pela glândula hipófise, que fica localizada no cérebro e que entre os seus efeitos está a sensação de leveza e bem-estar. Por fim, o exercício também auxilia na liberação de endorfina, capaz de produzir a sensação de prazer responsável pela melhora da qualidade do sono. 

Quais são os melhores exercícios para a saúde?

Quais são os melhores exercícios para a saúde?

Existem diversos tipos de exercícios físicos, sendo que o ideal para conseguir manter uma rotina diária de atividades é encontrar um que seja ao mesmo tempo divertido e faça bem à saúde. Mas como descobrir qual o melhor exercício para cada pessoa?

Não existe outra forma se não selecionar aqueles que já te despertam o interesse de alguma forma e testando, simples assim. 

De acordo com um levantamento da Harvard Medical School, alguns exercícios, no entanto, são adequados para todos os tipos de pessoas, independente da faixa etária, sendo capazes de melhorar as condições de saúde e diminuir os riscos de algumas doenças. Veja quais são eles: 

Natação

A natação é o exercício ideal para quem sofre com problemas nas articulações, assim como outros esportes aquáticos, como por exemplo, a hidroginástica. Esse tipo de atividade pode ser um poderoso aliado, já que alivia a tensão do corpo é capaz de melhorar o estado mental do indivíduo e, além disso, ajudam a queimar calorias e tonificar os músculos.

Musculação

Embora esteja quase sempre associada ao aumento dos músculos, a musculação pode trazer inúmeros outros benefícios para o corpo, entre eles o controle de peso e a preservação da função cerebral. 

Caminhada

A caminhada é um exercício democrático, pois pode ser praticado por pessoas de todas as idades. entre seus principais benefícios, estão a melhora dos níveis de colesterol, além do fortalecimento dos músculos, controle da pressão arterial e, além disso, a atividade tem impactos diretos tanto no humor do indivíduo, como na memória. 

Exercícios Kegel

Indicados principalmente para quem sofre de incontinência urinária ou como forma de prevenção do problema, os exercícios kegel fortalecem a musculatura da pelve e ajudam na prevenção de problemas nessa região.

A atividade é indicada tanto para homens, como para mulheres, independente da idade. Alguns estudos apontam, inclusive, que a prática desses exercícios podem ajudar na melhora do desempenho sexual e do humor. 

Ciclismo

O ciclismo é um ótimo exercício para pessoas de todas as idades. Entre suas principais vantagens está o fato de que não causa grandes impactos nas articulações. Além disso, quando a prática é feita de forma consistente, pode ajudar a controlar o colesterol e a pressão arterial, além de melhorar o condicionamento físico. 

Hidroginástica

Assim como a natação, a hidroginástica também traz inúmeras vantagens. Entre elas, a melhora da coordenação, da circulação e da respiração. Além disso, também ajuda a regular a pressão arterial.

É indicada para todos os tipos de pessoas, mas principalmente para quem tem lesões ou problemas na coluna, pois não causa impacto nas articulações. 

Yoga

A yoga é uma prática muito aliada de quem precisa melhorar a ansiedade e a concentração, mas além disso, tem inúmeros outros benefícios. Entre eles, o aumento da flexibilidade, ajuda a regular a respiração e o metabolismo, contribui para relaxar o sistema digestório e melhora a circulação sanguínea. 

Como começar a praticar atividades físicas?

Começar a praticar atividade física e não abandonar esse novo hábito é um desafio para a maioria das pessoas. Embora os benefícios dos exercícios sejam de conhecimento geral, alguns motivos como preguiça, falta de disposição ou até mesmo a dificuldade para encontrar algo que realmente goste, fazem com que as pessoas abandonem a nova rotina, voltando a serem sedentárias. Então, como começar? 

O primeiro passo é, sem dúvidas, encontrar uma atividade física que dê prazer. Embora as pessoas quase sempre relacionem o exercício físico à musculação ou caminhada e corrida, existem inúmeras outras formas de se exercitar, independente de qual seja: o mais importante é manter-se em movimento. 

Entre as opções, você pode escolher entre futebol, natação, dança, hidroginástica, jump, step e outras. Isso é importante porque ao encontrar algo que você realmente goste, fica mais fácil manter a constância até que por fim isso se torne um hábito. 

Outro ponto é fazer com que isso se torne algo leve na sua rotina: procure focar nos benefícios que a atividade física te trará a longo prazo. A estética faz parte do processo, mas se você foca apenas nos resultados do seu corpo e espera que eles aconteçam de forma rápida, você vai se frustrar e logo desistirá de continuar se exercitando.

E, por fim, vá aos poucos e não se cobre muito. Você não precisa estar pronto para correr uma maratona em um mês e nem fazer duas horas de exercícios por dia. Faça as coisas no seu tempo e de acordo com a sua disponibilidade, mas sem desculpas. 

Se o que você consegue fazer é descer alguns pontos antes do trabalho para ir algumas quadras andando, já é um ótimo começo. Use a criatividade para encaixar o exercício na sua rotina de alguma forma e não se cobre tanto: saiba respeitar o seu próprio tempo, mas sem desanimar. 

Cuidados ao praticar atividades físicas

Como já falamos acima, a atividade física e exercício físico praticados de forma consistente, trazem inúmeros benefícios para a saúde. Mas para garantir que haja apenas benefícios, é importante tomar alguns cuidados para não acabar tendo o efeito reverso, causando prejuízos à saúde. 

  • Mantenha-se sempre alimentado e hidratado: mesmo que o seu objetivo seja o emagrecimento, estar bem alimentado é fundamental para ter energia para a prática de exercícios. Além disso, é importante beber a quantidade de água adequada para o seu corpo que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, é de 35ml por kg. 
  • Use sempre roupas confortáveis: o uso de roupas adequadas é importante para que você se sinta à vontade durante a prática de exercícios. No caso da prática de esportes, o ideal é atentar-se também para o uso de equipamentos de segurança, como capacetes e joelheiras e também para o uso de tênis adequados no caso de corrida ou caminhada.
  • Faça alongamento: o alongamento antes do exercício é importante pois prepara o corpo para a atividade física. Além disso, o alongamento após a atividade também deve ser feito como forma de evitar lesões e melhorar a performance nos exercícios.
  • Procure sempre orientação profissional: atividades intensas ou que exigem um maior preparo físico, como é o caso da musculação ou da corrida, devem sempre serem orientadas por um profissional, para evitar lesões ou rompimento de ligamentos, além de outros tipos de problemas que podem surgir posteriormente, como dores e distensões.
  • No caso de quem sofre com escapes de urina, contar com produtos de qualidade são essenciais para o bom desempenho da atividade. Pensando nisso, a BigFral desenvolveu a linha Moviment. Para você se sentir 6x mais sequinha e não precisar parar a sua rotina de exercícios. 

Quando a atividade física não é indicada?

Apesar dos indiscutíveis benefícios da atividade física para a saúde, existem casos em que eles não são recomendados e que deve-se respeitar a individualidade de cada pessoa para evitar possíveis problemas para a saúde ou chances de agravar alguma condição que a pessoa já tenha. 

No caso de dúvidas, o ideal é sempre procurar um profissional especializado para pedir orientação, mas alguns dos casos que devem ser analisados de forma criteriosa são:

  • Cardiopatas, ou seja, pessoas que sofrem de alguma patologia relacionada ao coração. Nesse caso, deve-se prestar atenção ao nível de esforço realizado durante o exercício, já que o aumento da frequência cardíaca provocado pela atividade física pode trazer complicações como infarto ou AVC.
  • Durante a gestação é importante ter cuidado com os exercícios, sendo necessário contar com orientação profissional, embora a prática de exercícios traga inúmeros benefícios para as gestantes. Em alguns casos, no entanto, a prática é totalmente contraindicada, como por exemplo, quando a mulher sofre com problemas graves como hipertensão, doença cardíaca, pré-eclâmpsia e histórico de abortos espontâneos. Além disso, dores no peito durante o exercício, contrações uterinas em intervalos curtos, falta de ar e dores nas costas também devem ser levados em consideração.
  • Após as cirurgias também é importante ter cuidado e, se necessário, evitar exercícios físicos. O ideal é sempre perguntar para o profissional responsável se a prática está liberada e, em caso afirmativo, verificar quais tipos de exercícios podem ser praticados e a intensidade recomendada, para evitar possíveis problemas. 

Além disso, saiba ouvir seu corpo e respeitar quando ele pede por descanso, principalmente quando sentir-se indisposto ou apresentar sintomas gripais. 

Comece agora!

A importância do exercício físico para a saúde

Agora que você já sabe tudo sobre atividades físicas, é hora de colocar em prática todo o conhecimento adquirido e dar o primeiro passo, literalmente, para uma vida mais saudável e feliz. Lembre-se que o principal benefício não será estético, mas sim, na sua saúde. Não desanime se não ver os resultados de imediato, afinal, todas as coisas levam tempo e com as mudanças de hábito não seria diferente.

Foque sempre na sensação de bem-estar que o exercício físico proporciona e todos os outros benefícios que te trará a longo prazo, para que você tenha uma vida próspera e repleta de saúde! 

É importante lembrar que a incontinência urinária tem tratamento e que o acompanhamento com um profissional se faz necessário para lidar com a situação e driblar os impactos. E  Bigfral também está aqui para te ajudar a se sentir mais segura e confiante, a linha Moviment é perfeita para mulheres que não querem parar a sua rotina de exercício, principalmente de alto impacto. São três opções que você pode escolher de acordo com o seu fluxo, experimente!

Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários
0
Por favor, comente.x
()
x